Energia Elétrica não ficará mais barata mesmo com alto índice de chuvas

Voltar

De acordo com o Broadcast Energia, mesmo com a chegada de chuvas desde o mês de outubro, as contas de energia continuarão mais caras durante 2022. O alto custo para o bolso dos consumidores, na verdade, não está relacionado ao nível de água nos reservatórios, e sim é resultado das medidas tomadas para evitar apagões durante a crise hídrica, despesas que, agora, serão pagas com juros. A bandeira de escassez hídrica, vigente agora, foi planejada para até Abril, mas o alívio na conta de energia só acontecerá se os níveis de água permanecerem estáveis após o período de chuvas.

Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Você pode se interessar por:

  • 20/09/2021
    Represas já operam abaixo do nível pré-apagão

    Represas já operam abaixo do nível pré-apagão

    O nível dos reservatórios...

    Saiba mais
  • 01/07/2019
    Contas de energia elétrica será mais cara em Julho

    Contas de energia elétrica será mais cara em Julho

    A Agência Nacional de Energia...

    Saiba mais
X