Crise de energia pode piorar com parada do campo de gás

Voltar

No dia 15 de agosto, está prevista uma parada técnica da Petrobras na produção de gás no campo de Mexilhão e no gasoduto Rota 1. A previsão é que a parada dure 30 dias. Diante do cenária de crise de energia, em especial nos estados de Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso do Sul, São Paulo e Paraná, esta medida pode agravar a situação atual. Por conta da situação crítica de seca, as termelétricas e empresas poderão enfrentar dificuldades para conseguir gás natural.

Leia a matéria completa clicando aqui.

Você pode se interessar por:

  • 16/09/2021
    Construção civil, agroindústria e condomínios residenciais puxam vendas de grupos geradores de energia

    Construção civil, agroindústria e condomínios residenciais puxam vendas de grupos geradores de energia

    O temor de um apagão no segundo...

    Saiba mais
  • 21/12/2020
    Verão é sinônimo de conta de energia elétrica alta

    Verão é sinônimo de conta de energia elétrica alta

    O Verão começa oficialmente...

    Saiba mais
X